Total de visualizações de página

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Manobra de marcha atrás ou segurar o carro na rampa sem usar os freios: dicas com vídeo e exercícios

Condutores, 

A dica hoje é sobre uma manobra que é pedida nos exames de direção de alguns estados: a marcha-atrás ou marcha a ré em subida sem usar freio de mão ou de pé (como se você fosse subir uma garagem com rampa de ré). 

Não é em todo exame de direção que essa manobra é pedida. Aqui em Blumenau (SC) até essa data o Detran não cobra esse tipo de comando do aluno na prova prática. Conheço e interajo com muitos instrutores de direção e eles sequer ensinam a marcha a ré em subida para os alunos por não ser cobrado na prova. Mas, se você está em estado que cobra esse comando na prova prática ou se quiser aprender do jeito certo, vamos às dicas.

No dia da prova prática o instrutor vai pedir que você suba a rampa de ré e segure o carro por alguns segundos sem deixar ele voltar e sem perder o controle. Detalhe: sem usar o freio de pé ou o freio de mão. Parece difícil? Mas pegando o jeito certo de executar os comandos de pedais, bastante calma e treino você consegue. 

1. Quando o examinador pedir que você coloque o carro de ré para a rampa, engate a marcha a ré e monitore pelos retrovisores de fora do carro a distância do meio-fio para que o carro não fique com as rodas tão próximas da guia; 

2. Preste atenção no alinhamento das rodas e para o lado que vira o volante para ter certeza que o carro está alinhado e reto; use os comandos de freio e embreagem pisando sempre no freio antes para fazer esse alinhamento inicial do carro se for necessário e só acelere o mínimo que for preciso;

3. Faça a meia embreagem pisando primeiro em freio e depois na embreagem para parar o carro;

4. Engate a marcha a ré; 

5. tire o pé do freio e quando o pé da embreagem voltar até mais ou menos o meio do pedal procure por aquele ponto em que o carro começa a entrar em movimento

3. na hora em que achou o ponto ideal de embreagem e o carro já começa a se movimentar para trás, pise no pedal do acelerador de leve, mas com firmeza, com controle, graduando as pisadas para que o carro tenha força suficiente para começar a subir a rampa de ré numa velocidade baixíssima, mas constante; 

4. provavelmente o examinador vai te pedir que você pare completamente o carro no meio da rampa e segure ele sem os freios por alguns segundos. 

Então vocês perceberam, condutores, que esse tipo de manobra cobrada na prova vai exigir duas coisas, dois tipos de comandos de vocês: subir o carro de ré na rampa sem deixar ele morrer e segurar o bichão no meio da rampa sem deixar ele morrer ou descer.

O segredo dessa manobra está na força que vocês vão aplicar aos pedais, pois:

1. se pisar forte demais na embreagem o carro vai descer;

2. se pisar leve demais vai perder o ponto ideal e o carro vai morrer;

3. se pisar de leve demais no acelerador o carro não vai ter força nem giro de motor para subir a rampa;

4. se pisar forte demais no acelerador periga cantar pneu e ele subir descontrolado.

Aconselho vocês a fazerem esse comando de ré na rampa treinando antes em TERRENO PLANO, sem rampa, sem ladeira, sem declive. Mas como? Simples, condutores, se o segredo dessa manobra é o modo como pisamos nos pedais temos que treinar os pedais antes. 

EXERCÍCIOS EM TERRENO PLANO USANDO A PRIMEIRA MARCHA

1. Com o carro parado, coloque a primeira marcha segurança o carro na meia embreagem (pisando no freio);

2. Traga o pedal da embreagem mais ou menos até a metade, levante o pé do freio e quando achar na embreagem o ponto em que o carro quer começar a entrar em movimento sinta que ele começa a andar sozinho para a frente pois você está em primeira marcha, ok?

3. Coloque o pé no acelerador bem de leve, mas com controle, com firmeza, sentindo o carro se movimentando bem devagarinho para a frente;

4. Nesse momento, mantendo só a aceleração constante, ou seja, aquela pisada de pedal no acelerador suficiente só para o carro não trepidar nem morrer, abaixe pouca coisa o pedal da embreagem que o carro fica PARADINHO embora você sinta o ronco fraco do motor na aceleração constante. É como se o pé do acelerador acelerasse fraquinho só para o motor encher, ou seja, ter giro, ter força, mas o pé da embreagem fica pouca coisa abaixo para impedir do carro sair;

5. Para fazer o carro andar pouca coisa de novo simplesmente solte bem devagarinho e pouca coisa o pé da embreagem que ele vai começar a andar na velocidade em função da pisada que você está dando no acelerador. Na verdade não é uma pisada, é manter o pé no acelerador o suficiente para ter controle sobre ele, só para encher o motor. 

6. repita esse exercícios em terreno plano e em primeira marcha algumas vezes: deixando o carro ir pouquinha coisa para frente e parando ele pisando pouca coisa na embreagem. Lembre-se que esse exercícios é feito com o carro quase parado bem para pegar a manha dos movimentos enquanto pisa no pedal de embreagem e do acelerador. 

Depois que você já pegou a manha de segurar o carro e de deixar ele andar ao seu comando, com total controle, vamos ao exercício de ré ainda em terreno plano.

EXERCÍCIO DA MARCHA-ATRÁS EM RÉ NO TERRENO PLANO

Esse exercício nada mais é do que a repetição dos comandos do exercício anterior, só que agora com o carro em marcha a ré.

1. Verifique sempre a posição do carro, se ele está alinhado ou não e com as rodas retas olhando pelos espelhos retrovisores de dentro e de fora;

2. se aquela meia lua que se forma na divisão do desenho do volante estiver torta é sinal que as rodas do carro estão tortas. Dica: o volante é redondo e dividido em dois, com uma metade maior que sempre fica para cima indicando que as rodas estão retas (exceto quando se dá mais de uma volta no volante) e uma outra metade dividida em dois. A meia lua maior sempre fica para cima.

3. repita os comandos do exercício anterior pisando no acelerador constante para encher o motor e fazer o carro andar pouquinha coisa para frente e pise um pouquinho mais no pedal de embreagem para parar completamente o carro.

4. quando você conseguiu obter o comando completo do carro parando e colocando ele para andar quando quiser, com completo controle, aí sim, vamos treinar na rampa.

CONTROLE DO CARRO DE FRENTE NA RAMPA E SEM FREIO

É o que chamamos de controle de embreagem, ou seja, você controla o carro na rampa de primeira marcha numa subida sem usar os freios de pé ou de mão. Mas como? Repetindo o que fizemos nos exercícios anteriores em terreno plano. 

Só que na rampa contamos com a força da gravidade que empurra o carro para baixo, o que vai requerer de nós acelerarmos com um pouco mais de firmeza, mas sem deixar o carro subir rápido. 

É como se o seu pé fosse uma extensão do acelerador e controlasse a força de pisada necessária para o carro não andar muito. Dependendo da inclinação da rampa o ponto de embreagem vai ficar mais alto, ou seja, tem que ter mais sensibilidade na pisada na embreagem.

TREINANDO O CONTROLE DE EMBREAGEM DE RÉ NA SUBIDA

Condutores, se vocês conseguiram fazer o controle de embreagem de frente numa subida ou rampa, vai ser moleza achar o ponto certo, ideal, para fazerem o controle de ré. É tudo a mesma coisa, só que de ré o carro sobe de bunda a rampa. 

1. Sempre pisar no pedal de aceleração com firmeza, lembrando que de ré a força da gravidade tende a empurrar o carro para baixo, então pise mais firme, de forma gradual e não muito forte senão o carro sobre em velocidade irregular e pode até cantar pneu;

2. Sempre que estiver subindo a rampa de ré o ponto de embreagem deve ser o mesmo, buscando ele com sensibilidade na pisada, pisando com carinho, entenderam?

3. quando o examinador pedir para parar o carro e segurá-lo na rampa de ré sem usar os freios é só manter a aceleração do pedal do acelerador e pisar um pouquinho no pedal da embreagem que ele pára completamente. 

4. Se você parou o carro e o motor está roncando por causa da pisada no pedal do acelerador, alivie pouca coisa o pé na aceleração que o motor ronda mais fraquinho, o suficiente para manter o carro seguro na rampa. 

5. No mais é isso aí: nada se consegue sem treino, então botem a preguiça prá andar, pensem positivo, concentrem-se nos treinos mantendo o foco na resposta que o carro dá quando vocês pisam nos pedais e bom controle na rampa de frente e de ré. Dúvidas ou mais esclarecimentos podem postar nos comentários. 

É claro que no dia da prova o circuito e as ruas são outros, mas esse vídeo aqui ajuda a entender o que o examinador vai pedir prá vocês no dia da prova:


Um comentário:

  1. Olá boa tarde!!!
    quando eu vou fazer controle de marcha ré,
    o momento que estou olhando para trás, eu esqueço da minha mão e não consigo manter o volante reto.
    o que faço????fica sempre desalinhado...

    ResponderExcluir

Fique à vontade para comentar essa postagem!